Está cansado de atuar há anos na mesma empresa e não receber o reconhecimento profissional e financeiro que tanto espera? Quer ter mais liberdade para trabalhar com o que gosta? Já pensou em ser seu próprio chefe, mas não sabe como começar um negócio próprio?

Abrir uma empresa pode ser o seu grito de independência profissional. É preciso, entretanto, tomar cuidado com a forma de fazer isso, para evitar decepções e prejuízos futuros. Não basta se empolgar com a ideia inicial. É necessário fazer um planejamento certeiro e apropriado para a área em que deseja atuar.

Está disposto a colocar a mão na massa para abrir um negócio e fazer dele um sucesso? Então confira o que é preciso saber para ser um empresário de sucesso!

Empreenda em uma área em que tenha experiência

Na hora de empreender, não dá para seguir modismos ou especulações. Não é porque um tipo de negócio está fazendo sucesso que vai dar certo com você. Lembre-se de que está investindo tempo, dinheiro e sonhos. Então, tenha cautela e pense bastante sobre com o que deseja trabalhar.

EBOOK

COMO IMPORTAR PRODUTOS

EM 3 PASSOS SIMPLES

Descubra, em apenas 3 passos, como importar produtos dos Estados Unidos e economizar até 80% em relação aos preços no Brasil.

ebook grátis Como importar produtos em 3 passos simples

DOWNLOAD GRATUITO

Especialistas recomendam que os novos empreendedores desenvolvam uma ideia de negócio relacionada a uma área de que gostem e em que tenham experiência. Além de já conhecer o setor, o ideal é procurar se aprimorar em cursos de especialização e atualizações: quanto mais souber sobre o segmento, menos dificuldades vai enfrentar.

Inscreva-se agora e descubra os segredos de como lucrar comprando no exterior!

Mesmo que tenha pouca experiência na área, é melhor começar com algo que já tenha familiaridade. A partir disso, é essencial buscar informações para se tornar um especialista e ter mais certeza do sucesso do empreendimento.

Saiba como começar um negócio próprio

É comum ter uma boa ideia, não saber colocá-la em prática e ela ganhar um ar de sonho distante. Para contornar isso e realizar seu desejo, é preciso saber de que maneira dar os primeiros passos.

Conheça o mercado

Para abrir uma empresa que venda comida vegana, por exemplo, é preciso saber se realmente existe interesse nesse produto, se a concorrência já está estabelecida e quanto é possível lucrar. Independentemente da área em que se pretende empreender, um fator muito importante para ser bem-sucedido é fazer a lição de casa e pesquisar tudo sobre esse segmento de mercado.

Verifique, então, se há demanda real pelo produto ou serviço a ser oferecido, quem e quais são as forças e as fraquezas dos concorrentes e, também, qual é o contexto econômico do setor. Essas respostas podem ser obtidas por meio de um estudo de marketing, que vai ajudar a projetar o negócio de forma mais precisa.

Venha fazer parte do nosso grupo no Facebook e troque experiências com os colegas importadores: a união faz a força!

Obtenha conhecimento

Para compreender todos os aspectos que envolvem montar um negócio, é necessário investir em educação — podem ser cursos, palestras, livros ou até mesmo uma graduação. Existem diversas opções de aprendizado, mais gerais ou específicas e tanto grátis quanto pagas.

É interessante fazer cursos de empreendedorismo, gestão, administração, finanças, marketing e outros. Esses conhecimentos são valiosos para praticamente todos os negócios, já que podem guiar as decisões com mais precisão e coerência.

Além disso, existem cursos específicos para a área em que você irá empreender. Por exemplo, se você trabalha com a revenda de produtos, vale a pena fazer um curso de importação para ter acesso a fornecedores internacionais e obter produtos a baixos preços, para ter uma maior margem de lucro na venda.

Defina o investimento

Esse é o momento de decidir quanto se está disposto a aplicar para desenvolver o negócio. É necessário pensar bastante, pois o retorno pode não ser instantâneo e é preciso estar preparado.

Estude quanto será necessário desembolsar, quanto é possível levantar e quais as melhores opções de empréstimo. Tenha cuidado ao solicitar dinheiro e não faça muitas dívidas. O ideal é, se necessário, solicitar apenas a quantia necessária em um só lugar.

Compre online em lojas dos Estados Unidos e receba em sua casa.

Elabore um plano de negócio

elaborar um plano de negócios para começar um negócio próprio

Esse será o guia para orientar as ações relacionadas ao empreendimento e é muito importante, em especial, para quem está abrindo um negócio pela primeira vez. Ele deve conter estudos sobre a área, melhores estratégias, recursos que serão usados, além das ações a serem tomadas para abrir e desenvolver a nova empresa.

Análise de mercado

É importante verificar todos os aspectos que envolvem o setor que se deseja adentrar: condições atuais da área, do público, da concorrência, dos fornecedores e do produto. Saiba como anda a saúde financeira desse mercado e se existe uma boa demanda para o que será vendido.

Investigue qual brecha pode ser aproveitada para inserir um diferencial nesse nicho. Se algo não é devidamente servido ou se há uma nova maneira de oferecer esse produto. Essa análise não pode deixar nada de fora, para que se entre no mercado sabendo o que esperar.

Plano de marketing

Essa etapa deve avaliar quais são as características e os diferenciais do negócio. Por meio dele, pode-se demonstrar como a solução será útil para os consumidores e definir as melhores maneiras de atingir o público.

Reforce o valor da marca e pense em como deve ser o trabalho de relacionamento com a clientela. Com o conhecimento do mercado, é possível definir uma boa estratégia de marketing com uma persona para quem as mensagens serão direcionadas, bem como os objetivos que se deseja alcançar.

Plano operacional

Esse é o documento que especifica todas as ações a serem efetivamente tomadas para a abertura e o desenvolvimento do negócio. Ele deve detalhar as operações e o tempo para a execução de cada uma delas: além de dizer como a empresa vai funcionar, mostra como usar o marketing para divulgar a marca e atrair clientes.

Relacione todas as tarefas e separe o que já foi concluído do que ainda precisa ser feito. Assim, é possível se organizar e agilizar as pendências, como contratar advogado, contador, pagar taxas e reunir documentos.

Plano financeiro

Aqui são estudados e descritos a viabilidade monetária da ideia e os indicadores que mostram o andamento das finanças do negócio. Nessa fase, deve ser estipulado o tempo para alcançar o lucro, com retorno sobre o investimento inicial.

É importante diferenciar os números, para saber o que cada um deles quer dizer. Os gastos devem ser especificados e acompanhados de acordo com o plano, para evitar surpresas desagradáveis e preocupações com o financiamento das ações.

Sumário executivo

Esse é um resumo do plano de negócios. Geralmente, tem uma página e traz todos os dados planejados. Por isso, é melhor que seja o último documento a ser produzido. Ele serve para dar uma visão geral do empreendimento para parceiros, sócios e potenciais investidores.

Deve ser sucinto e mostrar as metas definidas, a viabilidade do negócio e os resultados esperados. Trata-se de um material que apresenta a ideia de forma aceitável, para que os interessados vejam valor e queira participar da empreitada.

Trabalhe duro e não desista

começar um negócio próprio - trabalhe duro

Ser dono da própria empresa não significa ficar sem fazer nada enquanto a equipe trabalha nem fazer fortuna em pouco tempo. Assim como os colaboradores, o proprietário tem de trabalhar duro todos os dias e ainda exemplo de dedicação. No início, inclusive, é provável que seja necessário abdicar de férias e momentos com a família para manter o empreendimento funcionando no ritmo desejado.

Não desanime se não recuperar o dinheiro investido nos primeiros meses. Isso acontece aos poucos e pode demorar até alguns anos. Tenha em mente que o sucesso não acontece da noite para o dia. O importante é manter o foco e seguir trabalhando.

Com essas dicas sobre como começar um negócio próprio, você pode se preparar melhor para tirar do papel o sonho de empreender e colocá-lo em prática de maneira segura e eficiente. E, agora que já sabe como começar, aprenda como é possível empreender sozinho!